Search
Close this search box.

Quais são os 14 sinais de problemas de transmissão?

Uma transmissão automática é algo espetacular que traz conforto e diversão. Tudo o que você faz é mudar para a direção “D” e não importa a velocidade em que você esteja viajando, a marcha certa será selecionada automaticamente.

Problemas de transmissão?

Sinais de problemas de transmissão: Quando surgem problemas com uma transmissão automática, quase nunca acontece de repente. Alguns sintomas surgem gradualmente e podem até passar despercebidos. Ignorá-los pode evoluir para um defeito completo. Neste artigo, você descobrirá como reconhecer problemas típicos de uma transmissão automática e o que pode fazer a respeito. Também listamos os problemas e sintomas mais comuns que você deve estar atento.

Sistemas de transmissão: 10 sinais de problemas para ficar atento!

Uma transmissão automática é algo espetacular que traz conforto e diversão. Tudo o que você faz é mudar para a direção “D” e não importa a velocidade em que você esteja viajando, a marcha certa será selecionada automaticamente. Porém, esse conforto também pode ter suas desvantagens. Como você não precisa se concentrar em mais nada atrás do volante e do pedal do freio, os sinais de problemas de transmissão podem passar despercebidos. Num veículo com caixa de velocidades manual, os problemas podem chamar a atenção com um pouco mais de clareza – por exemplo, quando as mudanças individuais são difíceis ou difíceis de engatar, a embraiagem escorrega ou a caixa de velocidades manual como um todo fica instável.

  • Como os problemas de transmissão se tornam perceptíveis?
  • Sinais de problemas de transmissão e as causas mais comuns
  • Empurrões de transmissão automática
  • A transmissão automática só anda para trás
  • A transmissão automática não muda
  • A transmissão automática muda com força quando está quente
  • A transmissão automática muda incorretamente
  • A transmissão automática não tem acionamento
  • A transmissão automática não puxa corretamente
  • Transmissão automática faz barulho
  • A transmissão automática muda para N durante a condução
  • A transmissão automática tem um cheiro incomum
  • A transmissão automática escorrega muito
  • A transmissão automática muda muito cedo
  • A transmissão automática muda tarde demais
  • Transmissão automática entra no programa de emergência
  • O motivo mais comum para problemas de transmissão: Óleo/fluido de transmissão ruim
  • Conclusão

Como os problemas de transmissão se tornam perceptíveis?
Com uma transmissão automática, os sinais de problemas de transmissão podem aparecer de muitas maneiras diferentes. Aqui estão os exemplos típicos:

  • Mudanças de marcha bruscas e bruscas
  • Engajamento de transmissão atrasado
  • As mudanças de marcha são atrasadas quando o motor está frio
  • Zumbido ou vibração intenso
  • Algumas marchas não estão mais engatadas
  • Ruídos metálicos de trituração ou trituração
  • Um cheiro de “queimado”
  • Não há mais movimentação, nem para frente nem para trás

Redução de marcha difícil ao desacelerar

Está se tornando cada vez mais difícil, mesmo para os profissionais e para algumas oficinas mecânicas, encontrar as reais causas dos problemas nas transmissões automáticas. Uma das razões para isto é o grande número de variantes de caixas de velocidades que estão agora no mercado. Eles são tecnicamente muito avançados, significativamente mais complexos do que os tipos mais antigos de transmissões automáticas, e muitos são controlados pelo que é conhecido como TCU, uma unidade de controle de transmissão eletrônica (leia mais sobre o TCU na Wikipedia ) . Todos estes factores tornam difícil para oficinas não especializadas diagnosticar e reparar de forma fiável.

Sinais de problemas de transmissão e as causas mais comuns:

  • Empurrões de transmissão automática

Se a transmissão automática escorregar ou sacudir ao mudar de marcha e até mesmo sacudir quando parada, a causa pode ser danos ao conversor de torque ou aos discos da embreagem. Não é incomum, entretanto, ter um problema com o interruptor deslizante.

  • A transmissão automática só anda para trás

Ao tentar mudar para a direção, o carro não se move e você só consegue dar ré? Então o problema geralmente se resume a danos mecânicos na embreagem de avanço. Mas também pode ser apenas que os discos da embreagem estejam gastos.

  • A transmissão automática não muda

Se a transmissão automática não puder mais ser trocada ou estiver difícil de trocar, ou se ela bloquear e não engatar mais nenhuma marcha, o módulo da alavanca seletora, o interruptor PRND ou o interruptor da luz de freio podem estar com defeito. No entanto, também pode haver danos nas engrenagens mecânicas internas.

  • A transmissão automática muda com força quando está quente

Mudar de marcha com força quando está quente é um sinal de que há um problema com o nível de pressão dentro da transmissão. Leia mais sobre por que sua transmissão está passando por mudanças difíceis.

  • A transmissão automática muda incorretamente

No caso de troca inadequada ou troca da transmissão automática, é alta a probabilidade de o óleo da transmissão já estar velho. É aconselhável uma lavagem do óleo da transmissão ou uma troca do óleo da transmissão automática. No entanto, a causa também pode ser o interruptor deslizante, um defeito na válvula solenóide, na unidade de controle ou em valores de adaptação incorretos ou na versão antiga do software.

  • A transmissão automática não tem acionamento

Se não houver mais conexão de fricção, o carro não anda mais e de repente falta o acionamento, pode não haver mais conexão entre o conversor e o eixo de entrada da transmissão. Isso significa que poderia ter sido arrancado. Não é incomum que a roda da turbina dentro do conversor de torque esteja com defeito ou que a bomba de óleo esteja danificada.

  • A transmissão automática não puxa corretamente

Se a transmissão automática não acelerar ou não puxar o carro corretamente, a causa pode ser danos no conversor de torque. O desgaste dos discos da embreagem na transmissão também seria possível.

  • Transmissão automática faz barulho

Por exemplo, se a transmissão automática apitar ao acelerar ou fizer outros ruídos incomuns durante a marcha lenta ou durante a condução, o problema pode ser uma falha no conversor de torque, falha no diferencial, falha nos rolamentos ou danos aos conjuntos de engrenagens planetárias na transmissão.

  • A transmissão automática muda para N durante a condução

Se a transmissão simplesmente mudar para N durante a condução, pode haver um problema de deslizamento de mudança ou um defeito na unidade de controle da transmissão.

  • A transmissão automática tem um cheiro incomum

Se a transmissão automática cheirar a óleo queimado ou borracha, pode ser que a transmissão esteja perdendo óleo ou que o nível de óleo da transmissão esteja muito alto. Isso faz com que o retentor de óleo vaze. Às vezes, a causa é um conversor de torque ou danos na bomba de óleo.

  • A transmissão automática escorrega muito

Se for perceptível muito deslizamento na transmissão automática, isso indica desgaste dos discos da embreagem ou da embreagem do conversor.

  • A transmissão automática muda muito cedo

Se as mudanças de marcha forem muito precoces, a versão do software na unidade de controle da caixa de câmbio deverá ser verificada. Os dados de adaptação podem estar incorretos ou a unidade de controle da caixa de câmbio está com defeito. Caso contrário, um erro de sensor em outros conjuntos também pode ser responsável, por exemplo, na eletrônica do sistema ABS.

  • A transmissão automática muda tarde demais

Se a transmissão reduzir as marchas muito tarde ou muito tarde, isso provavelmente se deve a um problema de pressão.

  • Transmissão automática entra no programa de emergência

Se a transmissão automática mudar repentinamente para o modo limp-home, pode ser devido a um problema interno da transmissão mecânica, um problema com a eletrônica da transmissão ou um defeito no sensor de velocidade.

PROBLEMAS E CORREÇÕES DE FALHAS ANTECIPADAS DA TRANSMISSÃO GM 6L80 - Câmbio  Automático do Brasil

O motivo mais comum para problemas de transmissão:

Óleo/fluido de transmissão ruim
Como mencionamos, alguns sintomas podem aparecer como resultado de vários problemas mecânicos ou eletrônicos. No entanto, não é incomum que a causa dos problemas seja encontrada no fluido ou óleo da transmissão automática, especialmente com solavancos ou atrasos nas mudanças. Além do baixo nível do fluido, a idade e o estado do óleo, em particular, podem causar problemas na transmissão automática.

Muitos fabricantes prometem uma expectativa de vida útil do óleo de transmissão, o que simplesmente não é verdade e deve ser evitado a todo custo. O óleo ou fluido da transmissão precisa ser trocado regularmente, assim como o óleo do motor. O intervalo de troca de óleo costuma ser maior, mas nunca deve ser ignorado. Especialmente se você costuma dirigir distâncias curtas. A verdade é que o óleo de transmissão também envelhece com o tempo. Dependendo da quilometragem, estilo de condução ou influências externas, perde viscosidade e lubricidade e podem formar-se impurezas, espuma ou borra de óleo na transmissão automática.

Se você não substituir o fluido da transmissão automática regularmente, a lubrificação adequada não poderá ser alcançada e o desgaste aumentará significativamente – tanto que, na verdade, pode levar a um defeito total da transmissão automática. O intervalo de troca depende de muitos fatores individuais, mas se você quiser estar no lado seguro, verifique o nível de óleo a partir de 50.000 quilômetros ou faça a troca de óleo a cada 60.000 a 80.000 quilômetros.

Outra forma de evitar danos à caixa de engrenagens é lavá-la, o que é feito com um dispositivo de lavagem especial. Embora por razões técnicas apenas cerca de metade do óleo possa ser trocado ao trocar o óleo da transmissão, graças à lavagem da transmissão é possível renovar completamente todo o fluido da transmissão automática e também lavar completamente as linhas de óleo da transmissão.

Conclusão
Quando se trata de carros, as pessoas querem duas coisas: rápido e barato. Confie em nós, isso não vai bem quando se trata de transmissões automáticas. A parte mais importante do reparo da transmissão automática é o diagnóstico correto. Um bom mecânico reconhecerá os sinais comuns de problemas de transmissão e diagnosticará com base em seu julgamento e experiência. Às vezes o problema nem está na transmissão automática. Para mudar de marcha suavemente, o TCU coleta informações da eletrônica do motor que também podem falhar e causar mudanças bruscas. Essa é também a razão pela qual você nunca deve confiar sua transmissão automática a um não profissional que conserta coisas “barato”. Esse caminho pode fazer com que você gaste muito mais do que se confiasse em um profissional.

​​Como já mencionado, uma troca de óleo da transmissão automática pode ser suficiente para resolver uma série de problemas. Se você acabou de comprar um carro usado, certifique-se de que o fluido da transmissão foi trocado. A substituição de um conversor de torque, por outro lado, costuma ser a solução se o veículo não puder ser conduzido para frente ou para trás. Seja qual for o defeito, a clara vantagem de um conserto é o fator custo, não deixe que as concessionárias lhe digam que você só precisa de uma nova transmissão. Sempre substitua as peças que estão realmente afetadas por um defeito. Oficinas especializadas que não fazem nada além de reparar e revisar transmissões automáticas todos os dias, conhecem os problemas típicos e sinais de problemas de transmissão. Eles têm as peças de reposição certas em estoque e podem, portanto, eliminar os problemas de forma rápida e econômica.

Gostou desta postagem? Compartilhe com outras pessoas!

Tabela Códigos de Falha DPS6 Powershift

Saiba quais são os códigos de falha do Câmbio powershift e como resolver.

Câmbio AL4 Citroen e Peugeot LAUGUER

Conheça todos os detalhes do câmbio mais usado nos veículos Citroën e Peugeot

Aprenda a Calibrar DSG DQ200 GOLF 1.4L

Saiba as medidas, como sacar e instalar a embreagem DSG DQ200

Ferramenta ECU Renault CAN MÓDULO

A ferramenta Renault CAN/K-line ECU é uma ferramenta OBDII com várias funções

Manual do serviço de transmissão Automática 722.6

Manual de reparo e manutenção do câmbio automático 722.6

Manutenção de Mecânico Reparo para Iniciante

Manual de reparo e manutenção do para iniciantes

Manual de serviço para profissionais Varias Marcas até 2014

Acesse várias marcas até 2014 desde elétrica a motor

Manual de Reparo câmbio CVT JF015E

Manual de Manual de Reparo câmbio CVT JF015E em Português

Informações técnicas e códigos de falha câmbio CV

manual de reparo câmbio dsg dq200 dq250

Manual de Reparo Câmbio DSG DQ200 DQ250

A caixa de câmbio de mudança direta 02E Design e Função

Manual de reparo câmbio Automático 6HP19-21

Manual de reparo câmbio Automático 6HP19-21

Transmissões ZF com Mecatrônica versão atualizada para mecânico

Ebook - Manual de reparo câmbio Automático 5r55w.pdf

Manual de reparo câmbio Automático 5r55w Completo

Transmissão e teste dos discos com corpo de válvula completo

Ebook - Manual de Reparo câmbio Automático Honda Civic 99 - 05 A4RA

Manual de Reparo câmbio Automático Honda Civic 99 - 05 A4RA

HONDA 4-Velocidade 1996-05 A4RA, B4RA, BDRA, BMXA, M4RA, S24A, S4RA, SLXA

Manual de Reparo Câmbio Hyundai Azera Santa Fé A5HF1

Saiba como reparar Transmissão automática para veículo da Marca Hyundai e Kia

Manual de reparo câmbio Automático 6HP19-21

Manual de reparo câmbio Automático 6HP19-21

Transmissões ZF com Mecatrônica versão atualizada para mecânico

Manual de reparo câmbio Automático 6HP19-21

Manual de reparo câmbio Automático 5r55w Completo

Transmissão e teste dos discos com corpo de válvula completo

Manual de reparo câmbio Automático 6HP19-21

Manual de Reparo câmbio Automático Honda Civic 99 - 05 A4RA

HONDA 4-Velocidade 1996-05 A4RA, B4RA, BDRA, BMXA, M4RA, S24A, S4RA, SLXA

Cadastre Sua Mecânica

Aproveite esta oportunidade e inscreva-se agora em nosso exclusivo grupo de mecânicas especializadas.